LEMMEX - UMA ABORDAGEM ÁGIL PARA CONSULTORIAS EM SERVICE DESIGN

Autores

  • Helouíse Hellen de Godoi Viola Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC
  • Israel de Alcântara Braglia Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x14312021093

Palavras-chave:

Service Design, Metodologias Ágeis, User Experience.

Resumo

O presente artigo trata sobre a aplicação de uma abordagem ágil para projetos em service design utilizadas em consultorias do grupo LEMME - UFSC em parceria com o Sebrae/SC. Foram selecionados três casos aqui descritos. O procedimento metodológico utilizado para o estudo de caso (LEMMEX) propõe uma adaptação do fluxograma de Teixeira, Henrique, Braglia & Gonçalves (2018); desenvolvido a partir das abordagens de Garret (2010) e de Teixeira, Benedet e Hoppe (2015). O método empregado permitiu otimização no tempo de análise, maior profundidade nos itens relevantes para proposta de solução e mais segurança para tomada de decisões.

Biografia do Autor

Helouíse Hellen de Godoi Viola, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestra em Gestão da Informação da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Goiás (UFG), coordenou a implantação do Centro de Documentação do 1º Registro de Imóveis de Goiânia (2014-1016), atuou com Arquitetura da Informação, Usabilidade e Gestão da Informação pela empresa Interagi Tecnologia nos projetos de desenvolvimento de portais, intranets e sistemas para instituições como Embrapa, CNMP, SESCOOP, FINEP, DFTRANS, CODEBA, DCCO (2012-2014). Consultora em Design de Serviço - Projeto Conecta Sebrae (2019).

Israel de Alcântara Braglia, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

Professor adjunto na Universidade Federal de Santa Catarina [UFSC] no curso de design pelo departamento de expressão gráfica [EGR/CCE/UFSC]. Possui os títulos de doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento na linha de pesquisa Mídias do Conhecimento e de mestre em Design na linha de pesquisa Hipermídia aplicada ao Design pelo Programa de Pós-graduação em Design e Expressão Gráfica pela mesma instituição. É bacharel em Design Gráfico pela Universidade do Estado de Santa Catarina [UDESC] além de ser bacharel em Teologia pela Faculdade de Teologia Filadélfia [FATEFI]. Suas áreas de atuação e pesquisa abrangem ensino do design, design para a EAD, design instrucional, layout, diagramação editorial, avaliação de interface, produção gráfica, processos criativos e teologia.

Referências

DEWEY, J. Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

GARRET, J. J. The elements of User Experience: user-centered design for the web and beyhond. New Riders Press, 2010.

Gil, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2015.

HIGHSMITH, J., & COCKBURN, A. Agile software development: The business of innovation. Computer, n.34, v.9, p.120-127, 2001.

HIGHSMITH, J. R. Agile project management: creating innovative products. Pearson Education, 2009.

KOTLER, P., KARTAJAYA, H., SETIWAN, I. Marketing 4.0: do tradicional ao digital. Rio de Janeiro: Sextante, 2017.

MARCONI, M. A. & LAKATOS, E. M. Metodologia científica: ciência e conhecimento científico, métodos científicos, teoria, hipóteses e variáveis. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

NIELSEN, J. & LORANGER, H. Usabilidade na Web: projetando websites com usabilidade. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

NORMAN, D. & DRAPER, S. W. User centered system design: New Perspectives on Human-Computer Interaction. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates. 1986

NORMAN, D. Emotional Design: why we love (or hate) everyday things. NY: Basic Books, 2004.

NORMAN, D. O design do dia-a-dia. Rio de Janeiro: Rocco, 2006.

TEIXEIRA, J. M., BENEDET, G. B., & HOPPE, A. Um passo-a-passo para transformar pesquisa informacional e personas em requisitos de projeto. E-revista logo. Florianópolis, pp. 1-16, 2015. Disponível em: http://incubadora.periodicos.ufsc.br/index.php/eRevistaLOGO/article/view/3705/4386. Acesso em 10 julho 2020.

TEIXEIRA, Júlio M.; HENRIQUE, Caroline D.; BRAGLIA, Israel A.; GONÇALVES, Berenice S.; "Proposta de fluxograma para design de interfaces digitais: um exemplo prático de como transformar informações de projeto em requisitos de função e conteúdo", p. 2567-2581. In: Anais do 13º Congresso Pesquisa e Desenvolvimento em Design (2018). São Paulo: Blucher, 2019. Disponível em: https://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/proposta-de-fluxograma-para-design-de-interfaces-digitais-um-exemplo-prtico-de-como-transformar-informaes-de-projeto-em-requisitos-de-funo-e-contedo-30132. Acesso em 10 julho 2020.

Downloads

Publicado

2021-01-29