Intertextualidades interlinguísticas: alguns parâmetros para análises correlacionais.

Autores

  • Sandra Regina Ramalho e Oliveira Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Airton Jordani Jardim Filho Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) / Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) http://orcid.org/0000-0001-9459-3334

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630222018120

Resumo

Neste ensaio se tem como objetivo refletir sobre as relações existentes entre textos artísticos e estéticos, sejam eles expressos em uma mesma linguagem ou em linguagens distintas, das artes visuais ao cinema, da propaganda ao design, da moda de rua à moda das revistas, a fotografia em suas diversas modalidades, inclusive no jornalismo, das imagens efêmeras do teatro até as “imagens” sonoras da música, ou da miscigenação entre elas. Isto porque acreditamos que, ao acessar os modos de funcionamento da instauração dos efeitos de sentido em um texto qualquer, se enriquece e estimula o acesso a diferentes textos e linguagens, entre outras possibilidades. É um tema inesgotável e quase nunca explorado no ensino de arte e aqui propomos parâmetros para análises comparativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Regina Ramalho e Oliveira, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Professora e pesquisadora da Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC, é Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP e fez pós-doutorado na França. É autora dos livros Imagem também se lê, Moda também é texto, Sentidos à mesa e Diante de uma imagem; organizou, em coautoria, dez outros títulos de livros. Foi Presidente da ANPAP, gestão 2007-2008; coordenou o PPGAV/UDESC entre 2009 e 2011.

Airton Jordani Jardim Filho, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) / Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Doutorando em Artes Visuais no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UDESC, Mestre em Design pela mesma Universidade, Especialista em Artes Visuais: Cultura e Criação pelo SENAC/RS e em UX Design pela Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC. Membro do Núcleo de Estudos Semióticos e Transdisciplinares/NEST/UDESC/CNP, foi Diretor da Associação de Designers Gráficos (ADG Brasil), gestão 2015-2017.

Referências

CALABRESE, Omar. Fra parole e imagine: metodologie ed esempi di analisi. Milano: Mondadori, 2008.

GREIMAS, Algirdas. J. & Joseph. COURTÉS, Dicionário de Semiótica. São Paulo: Cultrix, 1989.

FIORIN, José. L. Introdução ao pensamento de Bakhtin. São Paulo: Ática, 2008.

GENETTE, Gérard. "La transtextualité ou l'intertextualité redéfinie". In: RABAU, Sophie. L'Intertextualité. Paris: Flammarion, 2002.

KRISTEVA, Julia. "L'acte de naissance de l'intertextualité ou l'espace de la signification". In: RABAU, Sophie. L'Intertextualité. Paris: Flammarion, 2002.

MUKAROVSKÝ, Jan. Escritos sobre Estética e Semiótica da Arte. Lisboa: Estampa, 1988.

OLIVEIRA, Ana. C. "A Estesia como Condição do Estético". In: OLIVEIRA, A. C. & E. LANDOWSKI, eds., Do Inteligível ao Sensível: em torno da obra de Algirdas J. Greimas. São Paulo: EDUC, 1995.

HJELMSLEV, Louis. Ensaios Linguísticos. São Paulo: Perspectiva, 1991.

HJELMSLEV, Louis. Prolegômenos a uma Teoria da Linguagem. São Paulo, Perspectiva, 2009.

RABAU, Sophie. L'Intertextualité. Paris: Flammarion, 2002.

RAMALHO E OLIVEIRA, Sandra R. Leitura de Imagens para a Educação. São Paulo: COS/PUC, 1998. Tese de Dout.

RAMALHO E OLIVEIRA, Sandra. Imagem também se lê. São Paulo: Rosari, 2009. 2a.reimpr.

RAMALHO E OLIVEIRA, Sandra. Intertextualidades: sentidos gerados nos espaços entre imagens distintas. In: RAMALHO E OLIVEIRA, Sandra; VANDRESEN, Monique; SCOZ, Murilo. (Orgs.). Desafios de Pesquisa em Design. Florianópolis: Ed. da UDESC, 2016, p. 89-115.

SANTAELLA. Lúcia. "Palavra, Imagem & Enigmas". Dossiê Palavra/Imagem. São Paulo, (16): 36-51, dez./fev., 1992-3.

SOURIAU, Étienne. A Correspondência das Artes. São Paulo: Cultrix/USP, 1983.

Downloads

Publicado

2018-06-01

Como Citar

RAMALHO E OLIVEIRA, S. R.; JARDIM FILHO, A. J. Intertextualidades interlinguísticas: alguns parâmetros para análises correlacionais. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 2, n. 2, p. 120 - 136, 2018. DOI: 10.5965/25944630222018120. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/12081. Acesso em: 19 ago. 2022.