Revista de Ensino em Artes, Moda e Design https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode <p style="margin: 0cm; margin-bottom: .0001pt;">Periódico de Artes, Moda e Design, vinculado a programas de pós-graduação da Udesc, UFC, UFRPE e UFPE e ABEPEM.<br /><strong>Periodicidade</strong>: contínua<br /><strong>Ano de criação</strong>: 2017</p> <p style="margin: 0cm; margin-bottom: .0001pt;"> </p> pt-BR <ol type="a"> <li>Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <strong>Licença Creative Commons Attribution 4.0 Internacional</strong>, que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.</li> <li>Plágio, em todas as suas formas, constitui um comportamento antiético de publicação e é inaceitável. Esta revista utiliza o software iThenticate de controle de similaridade". </li> </ol> reamd.ceart@udesc.br (Mara Rúbia Sant'Anna) portal.periodicos@udesc.br (Marcela Reinhardt de Souza) dom, 20 nov 2022 12:13:25 -0300 OJS 3.2.1.1 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 O Papel do Design frente à pandemia: ações e contribuições do campo em tempos de crise https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22068 <div>Este artigo objetiva analisar a atuação do Design como ferramenta frente à pandemia da COVID-19. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa do tipo bibliográfica e descritiva, valendo-se da interface de conhecimentos do Design em seus diferentes áreas de atuação, evidenciando as importantes contribuições do campo e de seus praticantes no contexto pandêmico. Cardoso (2008, 2012), Forty (2007), Margolin (2014), Ingold (2019) e Papanek (1995) foram as bases teóricas para este estudo, no qual foram analisados alguns casos e exemplos de problemáticas derivantes da crise sanitária. O estudo guiou-se pelo seguinte questionamento: qual é a potencialidade do Design frente à crise sanitária e como a área pode contribuir para superar um panorama abstruso como o que trouxe a pandemia? Concluiu-se que a capacidade do designer de criar pontes e estabelecer relações em um mundo cada vez mais fragmentado de saberes é o que permite criar soluções sistêmicas e criativas para os cada vez mais desafiadores problemas da humanidade.</div> Jorge Luis Pineda García Copyright (c) 2022 Jorge Pineda https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22068 sáb, 03 dez 2022 00:00:00 -0300 Moda e design de vestuário como objetos de pesquisa: o caso de artigos publicados no periódico Educação Gráfica https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22135 <p>O presente artigo foi desenvolvido com objetivo de identificar as pesquisas cujas temáticas contemplem a área de moda e design de vestuário pela ótica do design, utilizando como objeto de estudo o periódico Educação Gráfica. No que diz respeito à metodologia, a pesquisa se classifica enquanto de natureza quanti-qualitativa, do tipo descritiva, sendo desenvolvida por uma análise sistemática da bibliografia. Em relação aos procedimentos técnicos, realizou-se uma análise de conteúdo por meio das redes temáticas, com auxílio do software IRaMuTeQ®. Enquanto resultados, evidencia-se que do total de 53 edições e 820 artigos publicados ao longo dos 25 anos de existência do periódico, 49 trabalhos contemplam temáticas variadas da moda e design de vestuário, correspondendo a 5,97% do escopo da revista. Os artigos encontrados nas temáticas supramencionadas foram agrupados e subdivididos em 5 categorias, sendo estas: 1) pesquisa, ensino e metodologia; 2) ergonomia e antropometria; 3) comunicação e linguagem visual; 4) projeto, tecnologia e gestão; e 5) arte, artesanato, design e moda contemporânea. Importante salientar que artigos com temática relacionada ao design de superfície encontram-se distribuídos nas diferentes categorias.</p> Glauber Soares Junior, Marizilda dos Santos Menezes Copyright (c) 2022 Glauber Soares Junior, Marizilda dos Santos Menezes https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22135 qui, 15 dez 2022 00:00:00 -0300 Favela é Moda: quando existências periféricas adentram o mundo da moda https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22446 <p>A mediação entre a favela e as passarelas de moda da zona sul do Rio, proposta pela Jacaré Modas - uma agência de modelos criada na favela do Jacarezinho - que é trazido no documentário Favela é Moda, incita um agenciamento de conceitos e ideias vindos de perspectivas diversas, para pensar o caminho favela-passarela pelo seu aspecto de biopoder. As Revoluções Moleculares e as Máquinas de Guerra de Guattari e Deleuze, a teoria do Perspectivismo Ameríndio oferecida por Eduardo Viveiros de Castro e o seu desdobramento na ideia de Comunicação pelo Equívoco, sugeridas por Evandro Medeiros e Lara Linhalis, embasam uma leitura sobre esse fenômeno de deslocamento de corpos periféricos para lugares não previstos para eles.</p> Cristiane Maria Medeiros Laia Copyright (c) 2022 Cristiane Maria Medeiros Laia https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22446 sex, 18 nov 2022 00:00:00 -0300 A remediação de elementos midiáticos: um estudo de caso baseado nas HQs Batman da era de prata https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22534 <p>A remediação é compreendida como o processo de renovação dos conteúdos antigos, efetuados pelos novos meios de comunicação. O emblemático personagem dos quadrinhos da DC Comics (Batman), desde a sua origem em 1939, é tido como um dos mais conhecidos e populares, fazendo parte do cotidiano de milhares de pessoas no mundo e adaptando-se a diversos meios midiáticos, dos analógicos aos digitais, ao longo das décadas. Sendo assim, o objetivo do presente estudo foi analisar e identificar como a remediação auxiliou na manutenção do status do personagem Batman durante a Era de Prata dos quadrinhos (1956-1969). Para tanto, utiliza-se uma abordagem qualitativa comum em estudos exploratórios com referências bibliográficas relacionadas ao tema. Como resultado, sugere-se que a remediação se destaca como elemento de renovação do meio, bem como auxilia na popularização de uma cultura de personagens.</p> Eduardo Evangelista, Claudelino Martins Dias Junior Copyright (c) 2022 Eduardo Evangelista, Claudelino Martins Dias Junior https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22534 dom, 20 nov 2022 00:00:00 -0300 Núcleo de extensão e prática profissional na área da moda: formação complementar e inclusão social https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22831 <p>O Núcleo de Extensão e Prática Profissional (NEPP) é uma iniciativa do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) como forma de interligar os saberes acadêmicos com os diferentes atores da sociedade. No campus Caicó, interior do supramencionado estado, o NEPP foi fundado em 2017, passando a ofertar cursos de formação continuada para mulheres em situação de vulnerabilidade social, de modo a engendrarem em um ofício, adentrando no mercado de trabalho. Ademais, o núcleo ainda permite o desenvolvimento da prática profissional dos alunos do curso superior de tecnologia em Design de Moda. Tendo isso em mente, este artigo visa expor e discutir as ações institucionais e o impacto do NEPP entre os anos de 2021 e 2022 no cenário sociocultural local. Para tanto, empregou-se o método de pesquisa-ação, com verificação qualitativa dos objetivos. De tal maneira, ofertou-se um curso de técnicas de bordado, importante elemento regional, revitalizando o fazer local. Aliado a isso, forneceu-se um cenário para o desenvolvimento de uma coleção de moda pelos alunos da graduação, empregando tal motivo artesanal em sua configuração, conduzindo uma parceria com as alunas de bordado de modo a elas mostrarem seus trabalhos. A coleção, portanto, tinha a intenção de servir como vitrine para os trabalhos das mulheres em situação de vulnerabilidade social. Com isso, as oficinas tiveram duração de quatro (4) dias. Nesse entremeio, as alunas inscritas no curso do bordado surpreenderam pela forma rápida que aprenderam a bordar.</p> Lívia Juliana Silva Solino, Moally Janne de Brito Soares, Ítalo José de Medeiros Dantas Copyright (c) 2022 Lívia Juliana Silva Solino, Moally Janne de Brito Soares, Ítalo José de Medeiros Dantas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22831 qui, 15 dez 2022 00:00:00 -0300