Horror, halloween e a narrativa monstruosa de moda da coleção primavera/verão + resort 2020 da MOSCHINO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630632022e2254

Palavras-chave:

Horror, Moda, Narrativa de Moda

Resumo

A presente pesquisa busca compreender a narrativa de moda criada por Jeremy Scott para a coleção de primavera/verão + resort da irreverente e divertida grife MOSCHINO, e as implicações e mensagens nela presentes através do acionamento da ideologia do horror, proposta por Barry Grant (2010), que a permeia. Ainda, são acionados os filmes de terror e a celebração do halloween, juntamente com suas dinâmicas e status de cultura pop, que envolvem o espectador em uma experiência imersiva. Esses elementos dão suporte à análise do desfile, desde sua ambientação às peças apresentadas pelo designer Jeremy Scott. Ao final, é apresentada uma leitura da narrativa de moda analisada que compreende da MOSCHINO no mundo da moda enquanto uma grife criativa, lúdica, dotada de potencial subversivo que acena tanto à realidades socioculturais quanto à cultura pop.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Stella Mendonça Caetano, Unversidade do Vale dos Sinos

Doutoranda em Ciências da Comunicação na Escola da Indústria Criativa da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS; Lattes: http://lattes.cnpq.br/6683371595996160; e-mail: stella.mcaetano@gmail.com.

Referências

BAUMAN, Zygmunt. Retropia. Zahar, Rio de Janeiro, 2017.

BOSCO, Joseph. Young people’s ghost stories in Hong Kong. The Journal of Popular Culture, 40, 785–807, 2003.

ETZIONI, Amitai. Toward a theory of public ritual. Sociological Theory, v. 18, n. 1, p. 44-59, 2000.

FELTON, Debbie. Haunted Greece and Rome: Ghost stories from classical antiquity. Austin: University of Texas Press, 1999.

GRANT, Barry Keith. Screams on screens: Paradigms of horror. Loading..., v. 4, n. 6, 2010.

KAWIN, Bruce. Horror and the horror film. London, England: Anthem Press, 2012.

KELLY, Simon; RIACH, Kathleen. Halloween, organization, and the ethics of uncanny celebration. Journal of business ethics, v. 161, n. 1, p. 103-114, 2020.

KING, Stephen. Dança Macabra. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1989.

KRACAUER, Siegfried. From Caligari to Hitler: A Psychological History of the German Film. Princeton: Princeton University Press, 1947.

REMSEN, Nick. MOSCHINO – Resort 2020. VOGUE US, 2019. Disponível em: https://www.vogue.com/fashion-shows/resort-2020/moschino#review. Acesso em: 01 jun. 2022.

SIMPSON, Jacqueline; ROUD, Stephen. A dictionary of English folklore. Oxford: Oxford University Press, 2003.

SOARES, Thiago. Abordagens teóricas para estudos sobre cultura pop. Logos, v. 2, n. 24, 2014.

SKAL, David J. The monster show: A cultural history of horror. New York: Macmillan, 2001.

VOGUE US. Moschino: Resort 2020. 2022. Disponível em: https://www.vogue.com/fashion-shows/resort-2020/moschino. Acesso em: 01 jun. 2022.

WOOD, Robin. “An Introduction to the American Horror Film.” In: BRITTON, Andrew; LIPPE, Richard; WILLIAMS, Tony; WOOD, Robin. American Nightmare: Essays on the Horror Film, pp. 7-28. Toronto: Festival of Festivals, 1979.

Downloads

Publicado

2022-09-09

Como Citar

CAETANO, S. M. Horror, halloween e a narrativa monstruosa de moda da coleção primavera/verão + resort 2020 da MOSCHINO. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 6, n. 3, p. 1 -14, 2022. DOI: 10.5965/25944630632022e2254. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/22254. Acesso em: 28 nov. 2022.