O Ensino de Ergonomia em um Curso de Design de Moda

Autores

  • Marly de Menezes Gonçalves Universidade Anhembi Morumbi

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630112017108

Palavras-chave:

ergonomia , desing de moda , ensino

Resumo

Este texto apresenta a disciplina de Ergonomia aplicada à Moda, dentro do curso de Design de Moda, ministrado na Universidade Anhembi Morumbi. Será relatado uma breve introdução à origem dos conceitos da Ergonomia, seguida da explanação sobre a criação da disciplina dentro do curso e, finalmente, a descrição da ementa, dos objetivos e conteúdos programáticos, aplicados em atividades específicas ao longo do semestre. A exposição de cada exercício permitirá ao leitor compreender como a disciplina de Ergonomia é oferecida ao aluno de Design de Moda, possibilitando a este desenvolver seu repertório acadêmico, utilizando os princípios ergonômicos de conforto, segurança e eficiência como diferencias no seu desenvolvimento profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marly de Menezes Gonçalves, Universidade Anhembi Morumbi

Marly de Menezes é doutora na área de Design e Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo - FAU/USP, defendendo em 2009 a tese intitulada O uso do computador como meio para a representação do espaço: Estudo de caso na área de ensino do Digital & Virtual Design , onde pesquisou a representação do espaço tridimensional utilizando os meios computacionais dentro da disciplina de Geometria dos Sólidos, no curso de Digital & Virtual Design. Em 2000, obteve o título de mestre pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo FAU/USP com a dissertação intitulada O desenho de arquitetura no tempo - Estudo de caso: conteúdo gráfico de três arquitetos portugueses do século XX , onde pesquisou sobre a representação gráfica do projeto de arquitetura no século XX, em Portugal. Em 1988, formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Entre 2001 a 2012, foi professora da disciplina de Fundamentos de Computação Gráfica do Curso Superior de Desenho de Moda e Coordenadora da área de Extensão da Faculdade Santa Marcelina. Desde 2005, leciona no Istituto Europeo di Design/SP onde ministra a disciplina de Geometria no curso de Produção Multimídia, Computação Gráfica, nos cursos de Produção Joalheira, Design de Produto e Produção Multimídia e a disciplina de Representação Grafica no curso de Design de Interiores. Desde 2015 leciona na Universidade Anhembi Morumbi as disciplinasd de Ergonomia para Design de Moda, Design Digital, Design de Games e no cursos de pós-graduação de Design de Interiores. Tem experiência no Ensino de Desenho, na área de Computação Gráfica e de Ergonomia, ministrando aulas nas área de: desenho de arquitetura, representação gráfica da arquitetura, projeto arquitetônico, design, geometria dos sólidos, geometria descritiva, fundamentos da computação gráfica, desenho de observação, desenho técnico e ergonomia.

Referências

DEJEAN, P.; NAËL, M. Ergonomia do Produto. In: FALZON, P. Ergonomia. São Paulo: Blucher, 2007.

DIESEL, A. et al. Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Revista Thema. 14, nº 1. 2017. Disponível em:

thema.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/viewFile/404/295>. Acessado em: 30 jun.2017.

-

FARIAS, P. et al. Aprendizagem Ativa na Educação em Saúde: Percurso Histórico e Aplicações. Revista Brasileira de Educação Médica. 39, nº 1. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbem/v39n1/1981-5271-rbem-39-1-0143.pdf>. Acessado em: 30 jun.2017.

IIDA, I. Ergonomia – Projeto e produção. São Paulo: Blucher, 2005.

LAVILLE, A. Referências para uma história da ergonomia francófona. In: FALZON, P. Ergonomia. São Paulo: Blucher, 2007.

NAVALON, E. Projetos Interdisciplinares no ensino de Design de Moda. Colóquio de Moda. São Paulo, 2010. Disponível em < http://www.coloquiomoda.com.br/anais/

anais/6-Coloquio-de-Moda_2010/71357_Ensino_de_Design_de_Moda_-_interdisciplinaridade.pdf>. Acessado em: 14 ago. 2017.

NORMAN, D. Design emocional: por que adoramos (ou detestamos) os objetos do dia-a-dia. Rio de Janeiro: Rocco, 2008.

POCI, B. et al. Corpo feminino: a diversidade das formas brasileiras. Colóquio de Moda. João Pessoa, 2016. Disponível em < http://www.coloquiomoda.com.br/

anais/12-coloquio-de-moda-apresentacao.php>. Acessado em: 30 jun.2017.

SANTOS, C. O corpo. In: Sabra F. (org) Modelagem – Tecnologia em produção de vestuário. São Paulo: estação das Letras e Cores, 2009.

Publicado

2017-10-01

Como Citar

GONÇALVES, Marly de Menezes. O Ensino de Ergonomia em um Curso de Design de Moda. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 1, n. 1, p. 108–120, 2017. DOI: 10.5965/25944630112017108. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/10375. Acesso em: 28 fev. 2024.