Y el miedo enorme de morir lejos de tí / E o medo enorme de morrer longe de ti: texto - fonte e tradução brasileira de peça de Marcelo Bertuccio

Autores

  • Vinicius Pereira Coelho
  • Ana Luiza Fortes Carvalho Universidad de Castilla-La Mancha
  • André Felipe Costa Silva Universidade de São Paulo e Goethe-Universität Frankfurt

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102352019026

Resumo

O texto Y el miedo enorme de morir lejos de tié de autoria do dramaturgo portenho Marcelo Bertuccio, sendo traduzido e revisado coletivamente pela Cia. A ursa de araque. O texto - fonte para esta tradução foi enviado sob forma de manuscrito por e-mail à Ursa de araque pelo próprio autor, em maio de 2009. A peça trata de temas pertinentes à contemporaneidade, tais como o temor e a superficialidade das relações afetivas em seus diversos planos, os encontros e desencontros. Nos últimos anos, Buenos Aires se tornou expressivo terreno de movimentos de novas dramaturgias, nos quais Bertuccio é destaque. Nesse sentido, a tradução desta peça possibilita contato e troca criativa entre o teatro brasileiro e a dramaturgia portenha, realizadora de uma estética contemporânea ímpar no contexto latino-americano.

Biografia do Autor

Vinicius Pereira Coelho

Vinicius Coelho é mestre em Letras – Literatura Infantil e Juvenil na Universidade de Lille (França), tem graduação em Letras – Francês pela Universidade Federal de Santa Catarina e em Artes Cênicas pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Entre seus principais trabalhos como ator no teatro estão: Sem horas (2014) - diretor, dramaturgo e ator; À distância - Lado A e Lado B (2013) - ator; Anti-Nelson Rodrigues (2012) - ator; Medo de morrer longe de ti (2009) - ator. Foi performer em Guerrilha (2016) do grupo espanhol El conde de Torrefiel no Kunstenfestivaldesarts (Bruxelas) e ator na série Desterro (2015/16), de Mariana Thomé (New York Film Academy).

Ana Luiza Fortes Carvalho, Universidad de Castilla-La Mancha

Ana Luiza Fortes é integrante e cofundadora da Piscina - plataforma de arte feita por mulheres. Licenciada em Artes Cênicas e Mestre em Teatro (UDESC/Florianópolis). Máster en Práctica Escénica y Cultura Visual (UCLM/Espanha). Doutoranda em Artes (UCLM/Espanha). Entre seus principais trabalhos estão: La doble (2018); Ensaios para o fim do mundo (2017); EATING, SLEEPING, WAITING (2016); OTRA (2015); O segundo inverno (2015) - dramaturga; Sem horas (2014) - atriz; Um certo tipo de abalo irremediável do espírito (2014) - atriz; À distância - Lado A e Lado B (2013) - atriz; Anti-Nelson Rodrigues (2012) - atriz; Guarda-chuva (2010) - atriz; Medo de morrer longe de ti (2010) - diretora; Women’s (2009) - atriz e Acordes, uma canção (2002) - atriz. Circulou com esses espetáculos por diversos estados brasileiros e países como Cuba, Argentina e Peru.

André Felipe Costa Silva, Universidade de São Paulo e Goethe-Universität Frankfurt

André Felipe é dramaturgo, ator e diretor teatral. Doutorando em Artes Cênicas da Universidade de São Paulo (USP) e na Goethe-Universität Frankfurt. Mestre em Dramaturgia pela Universidad Nacional de las Artes (UNA) de Buenos Aires e graduado em Artes Cênicas pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Dedica-se a projetos interdisciplinares entre teatro, performance e literatura. Escreveu e dirigiu À distância (Prêmio Myriam Muniz 2012), Sem horas em parceria com Vinicius Coelho (Prêmio Funarte Artes na Rua 2013) e desenvolveu com Gustavo Colombini a residência e performance La comunicación humana (Festival Latinoamericano de Teatro de Santiago 2016) e a ação Reunião de Condomínio (museu do louvre pau-brazyl 2016) com o grupo Cinza. Também escreveu as peças Mansa (Cena Contemporânea 2018), Perdendo tempo (Prêmio Elisabete Anderle 2015), Poses para não esquecer (Festival de Girona 2016), Midori (Prêmio Seleção Brasil em Cena CCBB 2013), Página 469, Suéter laranja em dia de luto e Não sempre, as duas últimas vencedoras do Prêmio Rogério Sganzerla 2012 e publicadas pela Editora UFSC. Trabalhou no Núcleo de Dramaturgia de Ficção da Cia Hiato de São Paulo, com direção e dramaturgia de Leonardo Moreira. Dramaturgo selecionado para a residência artística Panorama Sur 2014 em Buenos Aires. Participou da curadoria de textos do evento Janela de Dramaturgia de Belo Horizonte nas edições de 2014 e 2015. Ministrou cursos e oficinas em diversas cidades do Brasil, em projetos como Sesc Dramaturgia (2013 e 2015) e Encontro com dramaturgo (Extensão UDESC 2015) e em países como Argentina, Chile e Espanha.

Downloads

Publicado

2019-09-20

Como Citar

PEREIRA COELHO, V.; FORTES CARVALHO, A. L.; COSTA SILVA, A. F. Y el miedo enorme de morir lejos de tí / E o medo enorme de morrer longe de ti: texto - fonte e tradução brasileira de peça de Marcelo Bertuccio. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 35, p. 026-040, 2019. DOI: 10.5965/1414573102352019026. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102352019026. Acesso em: 31 jul. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Sobre a Tradução no Teatro: abordagens histórico-culturais