As políticas culturais e as culturas políticas em Santa Catarina

Autores

  • Luciana Mendes dos Santos Universidade do estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724620422019199

Resumo

O presente artigo discute os meandros das lutas políticas no setor cultural em Santa Catarina, articuladas entre a segunda metade da década de 1980 (durante o processo de redemocratização) e o final da primeira gestão do governo de João Raimundo Colombo (DEM/PSD), em 2014; são analisadas as estruturas burocráticas de cultura no estado a partir do impacto das ações federais realizadas no período. A participação da sociedade civil nesse processo será destacada nas ações de coletivos organizados por sujeitos do setor cultural, interessados em ampliar o espaço público e confrontar uma cultura política conservadora instalada nos espaços de poder.

Palavras-chave: Política Cultural. Democratização. Cidadania Cultural. Santa Catarina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Mendes dos Santos, Universidade do estado de Santa Catarina

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC- Florianópolis- SC/BR), na Linha de Pesquisa Políticas de Memória e Narrativas Históricas, e bolsista CAPES- DS.

Downloads

Publicado

2019-08-21

Como Citar

SANTOS, L. M. dos. As políticas culturais e as culturas políticas em Santa Catarina. PerCursos, Florianópolis, v. 20, n. 42, p. 199 - 224, 2019. DOI: 10.5965/1984724620422019199. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724620422019199. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua