A conformação urbana de Pimenta Bueno–RO: uma análise sobre a evolução urbana da cidade

Autores

  • Áurea Dayse Cosmo da Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA
  • Regina Esteves Lustoza Universidade Federal de Viçosa
  • Teresa Cristina de Almeida faria Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724616302015058

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo fazer um estudo sobre a conformação urbana de Pimenta Bueno, Rondônia, evidenciando os principais fatores históricos que guiaram o crescimento da cidade e sua evolução urbana. Dentre eles, destaca-se a implantação do Posto Telegráfico, que se caracterizou como um importante fator para o desenvolvimento do até então povoado. Em um segundo momento observa-se uma política nacional de integração do território, que se desdobra na construção da BR–364, bem como o Plano de Colonização promovido pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Vê-se ainda que, a partir da década de 1980, o crescimento é balizado pela criação do distrito industrial e, também, por investimentos em habitação popular. Fica notório que o acelerado processo de crescimento da cidade trouxe problemas, sendo explicitado no urbano por meio da segregação espacial. Palavras-chave: Pimenta Bueno; BR–364; Colonização; Indústria e habitação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Áurea Dayse Cosmo da Silva, UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

Arquiteta e urbanista pela Universidade Federal de Viçosa. Estudante de mestrado em planejamento urbano e regional na mesma instuição. Participou de projeto de extensão na área de patrimônio na zona da mata mineira. Durante a graduação interessou-se pelo urbanismo, o qual norteou suas pesquisas acadêmicas. Atualmente sua pesquisa é centrada no processo de urbanização na amazônia, com enfoque nas cidades do estado de rondônia. Tem interesse nos seguintes temas: cidade, novas centralidades, rondônia, planejamento urbano, planejamento regional, projeto urbanístico, projeto arquitetônico, história da arquitetura e urbanismo.

Regina Esteves Lustoza, Universidade Federal de Viçosa

Doutora em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (2006) e professora no Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Viçosa.

Teresa Cristina de Almeida faria, Universidade Federal de Viçosa

Doutor em Planejamento Urbano e Regional pelo IPPUR/UFRJ e professora na Universidade Federal de Viçosa.

Downloads

Publicado

2015-07-02

Como Citar

COSMO DA SILVA, Áurea D.; LUSTOZA, R. E.; ALMEIDA FARIA, T. C. de. A conformação urbana de Pimenta Bueno–RO: uma análise sobre a evolução urbana da cidade. PerCursos, Florianópolis, v. 16, n. 30, p. 58-73, 2015. DOI: 10.5965/1984724616302015058. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724616302015058. Acesso em: 16 maio. 2022.