“Literacia histórica” e gênero: o corpo na revista Capricho <em>DOI: 10.5965/1984724614262013144</em>

Autores

  • Flávia Mantovani Universidade Estadual de Londrina

Resumo

O conceito de “literacia histórica” – trabalhado, principal e inicialmente, por Peter Lee – refere-se basicamente a uma “leitura do mundo” ligada ao conhecimento histórico. Objetivamos neste artigo desenvolver algumas reflexões sobre tal conceito, considerando que a História, em suas múltiplas definições, funções e possibilidades de conhecimento, é também uma forma de leitura que implica necessariamente reconhecer que as coisas ou fenômenos que tomamos por objetos de conhecimento não são naturais ou dados a-históricos, mas uma construção cultural, portanto, histórica. Tais considerações sobre a “literacia histórica” são importantes, pois são parte de uma pesquisa que busca investigar as apropriações de leitoras da Revista Capricho e, para tanto, é necessário pensar este sujeito – a leitora – e as formas como apreende historicamente textos e conceitos, já que o Ensino de História, na abordagem da Educação Histórica, tem uma potencial capacidade de desenvolver nos estudantes uma habilidade de crítica às suas próprias realidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-08-02

Como Citar

MANTOVANI, F. “Literacia histórica” e gênero: o corpo na revista Capricho <em>DOI: 10.5965/1984724614262013144</em>. PerCursos, Florianópolis, v. 14, n. 26, p. 144 - 157, 2013. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724614262013144. Acesso em: 1 jul. 2022.