Hidrelétricas e Legislação Ambiental Brasileira nas Décadas de 1980-90

Autores

  • Cezar Karpinski UNIOESTE - Campus de Toledo

Resumo

A proposta deste artigo é historiar o início da construção de uma política ambiental brasileira, pautada num princípio de preservação, capaz de assegurar o desenvolvimento socioeconômico do País. Com base neste fundamento, constituiu-se uma legislação específica para o uso racional dos recursos ambientais, que passou a legitimar uma série de práticas nocivas ao meio ambiente, entre elas, a construção de hidrelétricas. Nosso principal objetivo é discutir o papel do Estudo de Impacto Ambiental como documento legitimador da construção de um empreendimento de grande impacto ambiental. A construção deste texto é resultado da leitura e interpretação da Lei 6.938, de 31/08/1981, bem como de seus desdobramentos e de um levantamento bibliográfico interdisciplinar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cezar Karpinski, UNIOESTE - Campus de Toledo

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2002) e mestrado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Atualmente, suas pesquisas de doutoramento estão voltadas às diversas relações históricas entre homens/mulheres e meio ambiente, atuando principalmente nos seguintes temas: Hidrelétricas, Memórias, Subjetividades, Paisagens Rios/Reservatórios e História Oral.

Downloads

Publicado

2008-05-21

Como Citar

KARPINSKI, C. Hidrelétricas e Legislação Ambiental Brasileira nas Décadas de 1980-90. PerCursos, Florianópolis, v. 9, n. 2, p. p. 71 - 84, 2008. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1557. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua