“Um Tanto Perdido Na Tradução”: Reflexão de um Geógrafo sobre os Primeiros Contatos Teóricos com Alguns dos Métodos e Técnicas de Pesquisa em Antropologia.<br>

Autores

  • Carlos Eduardo Henning

Resumo

Este artigo procura apresentar algumas reflexões de um geógrafo em transição idiomática interdisciplinar para a Antropologia. Aborda centralmente as impressões e processos subjetivos desenvolvidos frente a algumas discussões (conceitos, idéias, instrumentos teóricos, etc.) suscitadas pelos primeiros contatos com os métodos e técnicas de pesquisa em Antropologia, tais como: a subjetividade nas etnografias, os diferentes modos de feitio etnográfico e o processo de sentir-se afetado pelo universo do outro. Debate também o papel do antropólogo: mediador de fricções interétnicas, representante, intérprete? Fazendo uma crítica à idéia do pesquisador como sujeito neutro. Por fim, a reflexão aborda a idéia de antropologia como uma ciência que é também arte, assim como a questão da percepção do antropólogo como autor, dialogando com autores como James Clifford, Clifford Geertz e Nestor Perlongher. Trata-se igualmente de uma homenagem póstuma ao antropólogo Roberto Cardoso de Oliveira.

Palavras-chave: Interdisciplinaridade. Geografia. Antropologia. Subjetividade. Transição Interdisciplinar.

Abstract: This article tries to introduce some reflections from a geographer under interdisciplinary idiomatic transition to Anthropology. It centrally approaches the impressions of subjective processes developed in front of some discussions (concepts, ideas, and theoretical instruments, etc…) appeared in the first contacts with the methods and techniques in anthropology, such as: the subjectivity at the ethnographies, the different kinds of ethnographic features, and the process of feeling itself affected by the others universe. And also debates which the anthropologist function is: interethnic frictions mediator, delegate, translator? It makes a critique against the idea of the anthropologist as neutral subject. At last, the reflection approaches the perception of the anthropologist as author, in a dialogue with authors as James Clifford, Clifford Geertz, and Nestor Perlongher. This article tries to do posthumous homage to the anthropologist Roberto Cardoso de Oliveira.

Keywords:Interdisciplinarity. Geography. Anthropology. Subjetivity. Interdisciplinary Transition.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-05-17

Como Citar

EDUARDO HENNING, C. “Um Tanto Perdido Na Tradução”: Reflexão de um Geógrafo sobre os Primeiros Contatos Teóricos com Alguns dos Métodos e Técnicas de Pesquisa em Antropologia.<br>. PerCursos, Florianópolis, v. 7, n. 1, 2007. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1505. Acesso em: 19 ago. 2022.

Edição

Seção

Relato de Experiência