Planejamento, execução e registro de entrevistas sobre design de moda: pesquisa junto a empresas no Brasil e na Alemanha

Autores

  • Amanda Queiroz Campos UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630312019074

Resumo

O presente artigo consiste no relato da experiência de abordagem de empresas de moda para desenvolvimento de entrevistas junto a designers e diretores criativos. A pesquisa em questão teve como o objetivo a coleta de dados para o desenvolvimento de tese doutoral em cotutela no Brasil e na Alemanha. O contato com as empresas e, principalmente, os desafios obtidos na criação e seleção de estratégias e ferramentas para a pesquisa qualitativa e de cunho antropológico levaram à redação deste artigo. Seu objetivo, portanto, consistiu em relatar o ocorrido em prol de servir como referência para futuras investigações qualitativas na área de design junto a empresas de design de moda.

Biografia do Autor

Amanda Queiroz Campos, UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

Doutora (2017) em modalidade cotutela em Design pela UFSC e em Teoria do Design pela Bergische Universität Wuppertal (Alemanha) com bolsas da FAPESC e CAPES/DAAD. Mestre (2013) em Gestão Estratégica do Design Gráfico pela UFSC. Bacharel em Moda (2010) com habilitação em Estilismo pela UDESC e em Design (2013) com habilitação em Design Gráfico pela UFSC. É professora colaboradora do curso de Moda da UDESC, onde ministra disciplinas de pesquisa, comunicação e produção de moda. 

Referências

BANDEIRA-DE-MELLO, Rodrigo & CUNHA, Rodrigo. Grounded Theory. In: GODOI, Christiane Kleinübing; BANDEIRA-DE-MELLO, Rodrigo; SILVA, AB da. Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. v.2. São Paulo: Saraiva, 2006. Cap. 8, p. 241 – 266.

CHERNOBILSKY, Lilia Beatriz. El uso de la computadora como auxiliar em el análisis de datos cualitativos. In: GIALDINO, Irene Vasilachis (coord.). Estrategias de investigación cualitativa. Buenos Aires: Gedisa Editoral, 2007. Cap.7, p.239-273.

CORBIN, Juliet; STRAUSS Anselm. Basics of qualitative research: techniques and procedures for developing Grounded Theory. 3rd edition. London: Sage, 2008.

DUARTE, Rosália. Entrevistas em pesquisas qualitativas. Revista Educar, UFPR (Curitiba), n.24, p. 213-225, 2004. Disponível em: <http://revistas.ufpr.br/educar/article/view/2216>. Acesso em 04 mai. 2017.

MENDIZÁBAL, Laura. Los componentes del diseño flexible en la investigacíon cualitativa. In: GIALDINO, Irene Vasilachis (coord.). Estrategias de investigación cualitativa. Buenos Aires: Gedisa Editoral, 2007. Cap.2, p.65-105.

SONEIRA, Abelardo Jorge. La “Teoria fundamentada em los datos” (Grounded Theory) de Glaser y Strauss. In: GIALDINO, Irene Vasilachis (coord.). Estrategias de investigación cualitativa. Buenos Aires: Gedisa Editoral, 2007. Cap.4, p.153-173.

Downloads

Publicado

2019-11-26

Como Citar

CAMPOS, A. Q. Planejamento, execução e registro de entrevistas sobre design de moda: pesquisa junto a empresas no Brasil e na Alemanha. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 3, n. 1, p. 074 - 087, 2019. DOI: 10.5965/25944630312019074. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/13047. Acesso em: 29 jan. 2022.

Edição

Seção

Aberturas Transversais

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.