Planejamento, execução e registro de entrevistas sobre design de moda: pesquisa junto a empresas no Brasil e na Alemanha

Autores

  • Amanda Queiroz Campos UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630312019074

Resumo

O presente artigo consiste no relato da experiência de abordagem de empresas de moda para desenvolvimento de entrevistas junto a designers e diretores criativos. A pesquisa em questão teve como o objetivo a coleta de dados para o desenvolvimento de tese doutoral em cotutela no Brasil e na Alemanha. O contato com as empresas e, principalmente, os desafios obtidos na criação e seleção de estratégias e ferramentas para a pesquisa qualitativa e de cunho antropológico levaram à redação deste artigo. Seu objetivo, portanto, consistiu em relatar o ocorrido em prol de servir como referência para futuras investigações qualitativas na área de design junto a empresas de design de moda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Queiroz Campos, UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

Doutora (2017) em modalidade cotutela em Design pela UFSC e em Teoria do Design pela Bergische Universität Wuppertal (Alemanha) com bolsas da FAPESC e CAPES/DAAD. Mestre (2013) em Gestão Estratégica do Design Gráfico pela UFSC. Bacharel em Moda (2010) com habilitação em Estilismo pela UDESC e em Design (2013) com habilitação em Design Gráfico pela UFSC. É professora colaboradora do curso de Moda da UDESC, onde ministra disciplinas de pesquisa, comunicação e produção de moda. 

Referências

BANDEIRA-DE-MELLO, Rodrigo & CUNHA, Rodrigo. Grounded Theory. In: GODOI, Christiane Kleinübing; BANDEIRA-DE-MELLO, Rodrigo; SILVA, AB da. Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. v.2. São Paulo: Saraiva, 2006. Cap. 8, p. 241 – 266.

CHERNOBILSKY, Lilia Beatriz. El uso de la computadora como auxiliar em el análisis de datos cualitativos. In: GIALDINO, Irene Vasilachis (coord.). Estrategias de investigación cualitativa. Buenos Aires: Gedisa Editoral, 2007. Cap.7, p.239-273.

CORBIN, Juliet; STRAUSS Anselm. Basics of qualitative research: techniques and procedures for developing Grounded Theory. 3rd edition. London: Sage, 2008.

DUARTE, Rosália. Entrevistas em pesquisas qualitativas. Revista Educar, UFPR (Curitiba), n.24, p. 213-225, 2004. Disponível em: <http://revistas.ufpr.br/educar/article/view/2216>. Acesso em 04 mai. 2017.

MENDIZÁBAL, Laura. Los componentes del diseño flexible en la investigacíon cualitativa. In: GIALDINO, Irene Vasilachis (coord.). Estrategias de investigación cualitativa. Buenos Aires: Gedisa Editoral, 2007. Cap.2, p.65-105.

SONEIRA, Abelardo Jorge. La “Teoria fundamentada em los datos” (Grounded Theory) de Glaser y Strauss. In: GIALDINO, Irene Vasilachis (coord.). Estrategias de investigación cualitativa. Buenos Aires: Gedisa Editoral, 2007. Cap.4, p.153-173.

Downloads

Publicado

2019-11-26

Como Citar

CAMPOS, A. Q. Planejamento, execução e registro de entrevistas sobre design de moda: pesquisa junto a empresas no Brasil e na Alemanha. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 3, n. 1, p. 074 - 087, 2019. DOI: 10.5965/25944630312019074. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/13047. Acesso em: 28 jun. 2022.

Edição

Seção

Aberturas Transversais

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.