Fome, um passado inacabado: historiografia, tempo presente e desigualdade no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180316412024e0201

Palavras-chave:

história do combate à fome no Brasil, história da saúde no Brasil, História do tempo presente

Resumo

O argumento central deste artigo é que a fome é uma marca fundamental da história republicana brasileira. Para desenvolvê-lo, objetiva estudar a história do combate à fome no país, com destaque ao período a partir de 2014, quando o Brasil ficou fora do mapa elaborado pela Organização de Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO). Para o presente texto, foram mobilizados estudos do campo da História e da historiografia que discutem a fome; retrospectivas históricas das políticas públicas de combate à fome no Brasil; e, por fim, depoimentos de representantes do Estado e de movimentos sociais relevantes neste tema: Tereza Campello, ex-ministra do Desenvolvimento Social e de Combate à Fome; João Pedro Stédile, liderança do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e Rodrigo Afonso, CEO do Ação da Cidadania Contra a Fome.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMORIM, Helder Remigio de. “Um pequeno pedaço do incomensurável”: a trajetória política e intelectual de Josué de Castro. 2016. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2016.

ANDRADE, Rômulo de Paula. A Amazônia na era do desenvolvimento: saúde, alimentação, meio ambiente (1946-1966). 2012. Tese (Doutorado em História das Ciências e da Saúde) – Fiocruz, Rio de Janeiro, 2012.

ANDRADE, Rômulo de Paula. O pobre solo do celeiro do mundo: desenvolvimento florestal e combate à fome na Amazônia. Estud. hist., Rio de Janeiro, v. 28, n. 56, p. 285-304, 2015. ISSN 0103-2186. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21862015000200004. Acesso em: 04 mar 2024.

ANDRADE, Rômulo de Paula. Troco uma máscara por alimento: fome e pobreza na Covid-19. Especial Covid-19. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2020.

ARRUDA, Bertoldo Kruse Grande de. "Geografia da fome": da lógica regional à universalidade. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 13, p. 545-549, 1997.

AZEVEDO, Reinaldo. A Fome do Brasil e uma mentira da FAO, dirigida por um petista. Veja, São Paulo, 17 set 2014. Disponível em: http://veja.abril.com.br/blogdoreinaldo/geral/a-fome-do-brasil-e-a-uma-mentira-da-fao-dirigida-por-um-petista/. Acesso em: 16 ago. 2020.

BARROS, Maria Sylvia Carvalho; TARTAGLIA, José Carlos. A política de alimentação e nutrição no brasil: breve histórico, avaliação e perspectivas. Alimentos e Nutrição, Araraquara, v. 14, n. 1, p. 117-129, 2009

BASHFORD, Alison. Global population: history, geopolitics, and life on Earth. Nova York: Columbia University Press, 2018.

BASTOS, Pedro Paulo Zahluth. Ascensão e crise do governo Dilma Rousseff e o golpe de 2016: poder estrutural, contradição e ideologia. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 21, p. 1-63, 2017.

BIZZO, Maria Letícia Galluzzi. Agências internacionais e agenda local: atores e ideias na interlocução entre nutrição e país (1932-1964). 2012. Tese (Doutorado em História das Ciências e da Saúde) – Casa de Oswaldo Cruz, FioCruz, Rio de Janeiro, 2012.

BOROWY, Iris. Unraveling the health-development nexus. In: UNGER, Corinna et al (ed.). The routledge handbook on the history of development. New York: Routledge, 2022. p. 71-86.

BRASIL. Medida Provisória nº 1.154, de 1º de janeiro de 2023. Estabelece a organização básica dos órgãos da Presidência da República e dos Ministérios. Brasília, DF: Presidência da República, 2023. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/medida-provisoria-n-1.154-de-1-de-janeiro-de-2023-455350581. Acesso em: 4 mar. 2024.

BRASIL. Emenda Constitucional nº 95, de 15 de dezembro de 2016. Brasília, DF: Presidência da República, 2016. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc95.htm. Acesso em: 4 mar. 2024.

BRASIL. Lei nº 11.346, de 15 de setembro de 2006. Brasília, DF: Presidência da República, 2006. Disponível em: https://www.gov.br/mds/pt-br/acesso-a-informacao/legislacao/leis/lei-no-11-346-de-15-de-setembro-de-2006. Acesso em: 4 mar. 2024.

BRASIL. Relatório indica que Brasil saiu do Mapa Mundial da Fome em 2014. Brasília, DF: Presidência da República, 2014. Disponível em: https://www.gov.br/casacivil/pt-br/assuntos/noticias/2014/setembro/relatorio-indica-que-brasil-saiu-do-mapa-mundial-da-fome-em-2014. Acesso em: 14 jul. 2022.

BRASIL. Primeiro plano quinquenal. Rio de Janeiro: SPVEA, Setor de Coordenação e Divulgação, 1955.

BRASIL volta ao Mapa da Fome. G1, Rio de Janeiro, 7 jun. 2022. Disponível em: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2022/07/06/brasil-volta-ao-mapa-da-fome-das-nacoes-unidas.ghtml. Acesso em: 14 jul. 2022.

BUCKLEY, Eve. Debating hunger and overpopulation from the United States and Brazil during the early Cold War. POHL,Valero et al. El hambre de los otros: ciencia y políticas alimentarias en Latinoamérica, Siglos XX y XXI . Bogotá: Editorial Universidad del Rosario, 2021.

BITTAR, Jamil. “Mapa da fome” deixa o presidente chocado. O Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 21 mar.1993. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=030015_11&Pesq=%22mapa%20da%20fome%22&pagfis=106251. Acesso em: 04 mar. 2024.

CARNEIRO, Henrique. Comida e sociedade: uma história da alimentação. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

CARTER, Eric D. Population control, public health and development in mid Twentieth Century in Latin America. Journal of Historical Geography, Cambridge, p. 1-10, 2018.

CASTRO, Josué. Geografia da fome: o dilema brasileiro: pão ou aço. São Paulo, Editora Todavia, 2022.

CHARTIER, Roger. A visão do historiador modernista. In: FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (orgs.). Usos e abusos da história oral. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2006. p. 215-219.

CHASTAIN, Andra B.; Lorek, Timothy W. (eds.). Itineraries of expertise: science, technology, and the environment in Latin America’s long Cold War. Pittsburgh: University of Pittsburgh Press, 2020.

COIMBRA, Marcos; Meira, João Francisco Pereira; Lima, Mônica Barros. Comer e aprender: uma história da alimentação escolar no Brasil. Relatório Final da Pesquisa: alimentação escolar no Brasil: política e instituição. Belo Horizonte: Instituto Nacional de Assistência ao Estudante do Ministério da Educação e Cultura, mar. 1982.

COMO o Brasil saiu do Mapa da Fome – E por que ele pode voltar. Nexo, São Paulo, 23 jul. 2017. https://www.nexojornal.com.br/expresso/2017/07/23/Como-o-Brasil-saiu-do-Mapa-da-Fome.-E-por-que-ele-pode-voltar. Acesso em: 14 ago. 2020

COUTINHO, Antonio Osvaldo Nunes. Alimentação do brasileiro: uma visão histórica. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 101-107, 1988.

DAVIS, MIKE. Holocaustos coloniais: a criação do Terceiro Mundo. São Paulo: Ed. Venetta, 2022.

EDKINS, Jenny. Whose hunger? concepts of famine, practices of aid. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2000.

EVANGELISTA, Ana Maria da Costa. Arroz e feijão, discos e livros: história do serviço de alimentação da Previdência Social, SAPS. 1. ed. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2014.

FAO. O estado da segurança alimentar e nutricional no Brasil, um retrato multidimensional. Roma: Ed. FAO, 2014.

FARLEY, John. To cast out disease: a history of the international Health Division of the Rockefeller Foundation (1913-1951). Oxford: Oxford University Press: 2004

FÁVERO AREND, Silvia Maria; MACEDO, Fabio. Sobre a história do tempo presente: entrevista com o historiador Henry Rousso. Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 1, n. 1, p. 201-216, 2009. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/705. Acesso em: 24 jun. 2022.

FICO, Carlos. História do tempo presente, eventos traumáticos e documentos sensíveis: o caso brasileiro. Varia Historia, Belo Horizonte, v. 28, n. 47, p. 43-59, 2012. ISSN 1982-4343. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-87752012000100003. Acesso em: 24 jun. 2022.

FOGAGNOLI, Marcela Martins. Almoçar bem é no SAPS! os trabalhadores e o Serviço de Alimentação da Previdência Social (1940-1950). 2011. Dissertação (Mestrado em História Social) – Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, 2011.

FOLETTO, Marcia. Menina que trocava máscara por alimentos recebe ajuda de corrente solidária após foto viralizar. Extra, Rio de Janeiro, 13 maio 2020. Disponível em: https://extra.globo.com/noticias/rio/menina-que-trocava-mascara-por-alimentos-recebe-ajuda-de-corrente-solidaria-apos-foto-viralizar-24425257.html. Acesso em: 3 jan. 2023

FONSECA, Cristina. Local e nacional: dualidades da institucionalização da saúde pública no Brasil (1930-1945). Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2007.

FREITAS, Maria do Carmo Soares. O que dizem as teorias sobre a fome? Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; Salvador: EDUFBA, 2003.

FERRETTI, Frederico. A coffin for Malthusianism: Josué de Castro’s subaltern Geopolitics. Geopolitics Journal, Filadelfia, v. 21, n 2, p. 589-614, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1080/14650045.2019.1583213. Acesso em: 3 jan. 2023

GRIGG, David. The historiography of hunger: changing views on the world food problem, 1945-1980. Transactions of the Institute of British Geographers, Londres, v. 6, n. 3, p. 279-292, 1981. New Series

LARA, Matheus. Falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira, diz Bolsonaro. Estado de São Paulo, São Paulo, 19 jul 2019; Disponível em: https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,falar-que-se-passa-fome-no-brasil-e-uma-grande-mentira-diz-bolsonaro,70002928411. Acesso em: 04 mar. 2024.

LEÃO, Marília. O direito humano à alimentação adequada e o sistema nacional de segurança alimentar e nutricional. Brasília, Editora ABRANDH, 2013

LEME, Adriana Salay. Josué de Castro e as metamorfoses da fome no Brasil, 1932-1946. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 28, n. 4, p. 1115-1135, out./dez. 2021.

LIMA, Nísia Trindade; HOCHMAN, Gilberto. Condenado pela raça, absolvido pela medicina: o Brasil descoberto pelo movimento sanitarista da primeira república. In: MAIO, Marcos Chor; SANTOS, Ricardo Ventura (orgs.). Raça, ciência e sociedade [online]. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz: CCBB, 1996. p. 23-40.

LIMA, Eronildes Silva. Mal de Fome e não de raça: gênese, constituição e ação política da educação alimentar. Brasil, 1934-1946 [online]. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2000. Disponível em: https://books.scielo.org/id/xxmyz. Acesso em: 04 mar 2024.

LIRA, Augusto Cesar Gomes de; FELDHUES, Paulo Raphael Pires Entre o desenvolvimentismo e a fome: percursos da ASCOFAM no Nordeste dos anos JK. Revista de História Regional, [s. l.], v. 23, n. 1, p. 151-168, 2018.

MAPA DA FOME deixa o presidente chocado. Jornal do Brasil. Rio de Janeiro, 21 mar 1993. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=030015_11&pesq=%22mapa%20da%20fome%22&hf=memoria.bn.br&pagfis=106251. Acesso em: 14 jul. 2022.

MARIANO, Cynara Monteiro. Emenda constitucional 95/2016 e o teto dos gastos públicos: Brasil de volta ao estado de exceção econômico e ao capitalismo do desastre. Revista de investigações constitucionais, Curitiba, v. 4, p. 259-281, 2019.

MUNIZ, Érico Silva. Comida, trabalho e assistência social: a alimentação na agenda política brasileira (1939-1947). 2014. Tese (Doutorado em História das Ciências e da Saúde) – Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2014.

MUNIZ, Érico S. A construção de um modelo alimentar para a América Latina: o ingresso da nutrição na agenda da saúde internacional (1921-1949). Revista Ingesta, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 68-81. 2019. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2596-3147.v1i1p68-81. Acesso em: 04 mar 2024.

MENESES, Ulpiano T. Bezerra de; Carneiro, Henrique. A história da alimentação: balizas historiográficas. Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material [online], São Paulo, v. 5, n. 1, p. 9-91, 1997. https://doi.org/10.1590/S0101-47141997000100002. Acesso em: 27 jun. 2022.

NA LUTA para ter o que comer, idosa chora em entrevista ao vivo e leva repórter às lágrimas. G1, Rio de Janeiro, 21 jun. 2022. Disponível em: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2022/06/21/na-luta-para-ter-o-que-comer-idosa-chora-em-entrevista-ao-vivo-e-leva-reporter-as-lagrimas.ghtml. Acesso em: 23 jun. 2022.

NATUSCH, Igor. 19 de janeiro de 1931: forças policiais reprimem a Marcha da Fome. DMT Em Debate. Rio Grande do Sul, 19 jan 2021. Disponível em: https://www.dmtemdebate.com.br/19-de-janeiro-de-1931-forcas-policiais-reprimem-a-marcha-da-fome-importante-mobilizacao-de-trabalhadores-nos-primeiros-anos-da-era-vargas/. Acesso em: 03 jan 2023.

NEWMAN, Lucile F. (Ed.). Hunger in History: food shortage, poverty and deprivation. Cambridge, Massachussets: Wiley-Blackwell, 1990.

OREIRO, José Luis. A grande recessão brasileira: diagnóstico e uma agenda de política econômica. Estudos Avançados, São Paulo, v. 31, p. 75-88, 2017.

PAIVA, Denise. Era outra história: política social do governo Itamar Franco, 1992-1994. Juiz de Fora: EDUFJF, 2009.

PELLIANO, Anna Maria Medeiros (org.). O mapa da fome: subsídios à formulação de uma política de segurança alimentar. Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 1993.

PESSOAS dormem na rua para garantir cesta básica na fila dos ossos em Cuiabá. G1 MT, Cuiabá, 21 dez. 2021. Disponível em: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2021/12/21/pessoas-dormem-na-rua-para-garantir-cesta-basica-na-fila-dos-ossos-em-cuiaba.ghtml. Acesso em: 4 mar. 2024.

PILCHER, Jeffrey M. The embodied imagination in recent writings on food history. The American History Review, Oxford, v.121, n. 3, p. 861-887, 2016.

POHL-Valero et al. El hambre de los otros: ciencia y políticas alimentarias en Latinoamérica, Siglos XX y XXI. Bogotá: Editorial Universidad del Rosario, 2021.

POR QUE a mídia escondeu a notícia da redução da fome e da pobreza no Brasil? Pragmatismo Político. São Paulo, 17 set. 2014. Disponível em: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/09/por-que-midia-escondeu-noticia-da-reducao-da-fome-da-pobreza-brasil.html. Acesso em: 16 ago. 2020.

RANGASAMI, Amrita. Failure of exchange entitlements' theory of famine: a response. Economic and Political Weekly, Mumbai, v. 20, n. 41-42, p. 1797-1801, Oct. 1985.

SANTARELLI, Mariana; BURITY, Valéria. Informe Dhana 2019: autoritarismo, negação de direitos e fome. Brasília, DF: FIAN Brasil, 2019. 102 p.

SANTOS, José Matheus. Pessoas procuram comida em caminhão de lixo em Fortaleza. Folha de S. Paulo, São Paulo, 18 out. 2021. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2021/10/pessoas-procuram-comida-em-caminhao-de-lixo-em-fortaleza-veja-video.shtml. Acesso em: 3 jan. 2023

SEN, Amartya. Poverty and famines: an essay on entitlement and deprivation. [S. l.]: Oxford, 1984.

SILVA, Claiton Marcio da. Nelson Rockefeller e a atuação da American International Association for Economic and Social Development: debates sobre missão e imperialismo no Brasil, 1946-1961. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online], Rio de Janeiro, v. 20, n. 4 , 2013. https://doi.org/10.1590/S0104-597020130005000014. Acesso em: 4 mar. 2024.

SILVA, Alberto Carvalho da. De Vargas a Itamar: políticas e programas de alimentação e nutrição. Estudos Avançados [online], São Paulo, v. 9, n. 23, p. 87-107, 1995. https://doi.org/10.1590/S0103-40141995000100007. Acesso em: 6 jul. 2022.

SILVA, Luiz Inácio Lula. Discurso de posse do presidente Lula no Congresso Nacional. Brasil: [s. n.], 2023. Disponível em: https://lula.com.br/discurso-de-posse-lula-2023/. https://doi.org/10.1590/S0103-40141995000100007. Acesso em: 4 mar. 2024.

SOUZA, Rafael Nascimento. Garimpo contra a fome: sem comida, moradores do Rio recorrem a restos de ossos de carne rejeitados por supermercados. Extra, Rio de Janeiro, 29 set. 2021. Disponível em: https://extra.globo.com/noticias/rio/garimpo-contra-fome-sem-comida-moradores-do-rio-recorrem-restos-de-ossos-carne-rejeitados-por-supermercados-25216735.html. Acesso em: 3 jan. 2023.

VASCONCELOS, Francisco de Assis Guedes. Combate à Fome no Brasil: uma análise histórica de Vargas a Lula. Revista Nutrição Campinas, Campinas, v. 18, n. 4, p. 439-457, jul./ago. 2005.

VASCONCELOS, Francisco de Assis Guedes de. Josué de Castro e a Geografia da Fome no Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, p. 2710-2717, 2008.

VERNON, James. Hunger: a modern history. Cambridge, Massachussets: The Belknap Press of Harvard University Press, 2007.

WEINDLING, Paul. Social medicine at the league of nations health organisation and the international labour office. In: WEINDLING, Paul (Ed.). International health organisations and movements (1918-1939). Cambridge: Cambridge University Press, 1995. p. 134-153.

Downloads

Publicado

2024-04-08

Como Citar

ANDRADE, Rômulo de Paula; FREITAS, Gabriele Carvalho de. Fome, um passado inacabado: historiografia, tempo presente e desigualdade no Brasil. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 16, n. 41, p. e0201, 2024. DOI: 10.5965/2175180316412024e0201. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180316412024e0201. Acesso em: 15 jul. 2024.