Imprensa alternativa e a luta pelo direito à moradia na Baixada Fluminense-RJ no alvorecer dos anos 1980

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180314362022e0301

Resumo

Este artigo pretende discutir a emergência da luta por melhores condições de vida na periferia do Rio de Janeiro, no contexto de reaparecimento de movimentos e organizações de origem popular demandantes do usufruto ao direito à cidadania na cena política do país. Elegendo como sua fonte privilegiada o Jornal da Baixada, órgão jornalístico da chamada “imprensa alternativa” publicado no município de São João de Meriti-RJ na passagem entre as décadas de 1970 e 1980, nos propomos analisar a construção de uma narrativa que assumiu intencionalmente o objetivo político de construir uma percepção identitária acerca da Baixada Fluminense distanciada do estereótipo de ser esta uma região tradicionalmente associada à violência, à carência de serviços públicos e às práticas políticas clientelistas. Sem negar as dificuldades cotidianas vividas pelos seus cidadãos, o Jornal da Baixada buscou produzir um discurso fortemente politizado no qual se enfatizava a capacidade de mobilização e resistência organizada da população da Baixada Fluminense às autoridades e aos poderes constituídos no período de crise de legitimidade que caracteriza os últimos anos da ditadura civil-militar implantada após 1964.

Palavras-chave: imprensa alternativa; movimentos sociais; direito à moradia; Baixada Fluminense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Anício Andrade, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Doutor em Educação (USP); Professor de História da Educação no Curso de Licenciatura em Pedagogia do Câmpus Nova Iguaçu da UFRRJ; membro do Laboratório de História da Educação Latino-americana (LHELA), do Laboratório de Estudos e Aprontos Multimídia (LEAM) e do Programa de Pós-graduação em Educação Rural da UFRRJ.

Alvaro de Oliveira Senra, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ)

Doutor em Sociologia (UERJ); Professor de História do Ensino Médio Integrado e membro do Programa de Pós-graduação em Educação das Relações Etnicorraciais do CEFET-RJ.

Referências

ALVES, José. Dos barões ao extermínio: uma história da violência na Baixada Fluminense. Duque de Caxias: APPH/CLIO, 2003.

ANDREAZZA promete, bnh fica enrolando Andreazza. Jornal da Baixada, São João de Meriti, ano 1, n. 3, p. 4, ago. 1979.

BONDUKI, Nabil. Crise de habitação e a luta pela moradia no pós-guerra. In: KOWARICK, Lúcio (org.). As lutas sociais e a cidade. 1. ed. São Paulo: Paz e Terra/CEDEC/UNRISD, 1988. p. 95-130.

BONDUKI, Nabil; BONDUKI, Raquel. Periferia da Grande São Paulo. Reprodução do espaço como expediente de reprodução da força de trabalho. In: MARICATO, Ermínia (org.). A Produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil industrial. 1. ed. São Paulo: Alfa-Omega, 1982. p. 117-154.

DESPEJOS: BNH não resolve nem sai de cima. Jornal da Baixada, São João de Meriti, ano 1, n. 5, p. 7, nov. 1979.

DESPEJOS na baixada: povo quer pagar, BNH só quer explorar. Jornal da Baixada, São João de Meriti, ano 1, n. 2, p. 4, set. 1979.

GEIGER, Pedro P.; COELHO, Myriam G. Estudos rurais da Baixada Fluminense. Rio de Janeiro: IBGE, 1956.

JACOBI, Pedro. Movimentos sociais e políticas públicas. São Paulo: Cortez, 1993.

MAINWARING, Scott. Igreja católica e política no Brasil (1916-1985). São Paulo: Brasiliense, 1989.

PARANHOS, Kátia. Era uma vez em São Bernardo. Campinas: EdUNICAMP, 1999.

PEREIRA, Wandick. Cana, café e laranja: história econômica de Nova Iguaçu. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas/SEEC-RJ, 1977.

POBRE, ATREVIDO, INDEPENDENTE. Jornal da Baixada, São João de Meriti, ano 1, n. 1, p. 2, maio 1979.

PRADO, Walter. História social da Baixada Fluminense: das sesmarias a foros de cidade. Rio de Janeiro: Ecomuseu Fluminense, 2000.

SADER, Eder. Quando novos personagens entraram em cena: experiências e lutas dos trabalhadores da Grande São Paulo 1970-1980. São Paulo: Paz e Terra, 1988.

SALES, Jean; FORTES, Alexandre (orgs.). A Baixada Fluminense e a ditadura militar: movimentos sociais, repressão e poder local. Curitiba: Prismas, 2016.

SILVA, Percival T. Origem e trajetória do movimento Amigos de Bairro em Nova Iguaçu (MAB)-1974-1992. 1993. 377 p. Dissertação (Mestrado em Educação) − Fundação Getúlio Vargas/Instituto de Estudos Avançados em Educação, Rio de Janeiro, 1993.

THOMPSON, Edward P. A formação da classe operária inglesa. V. I: a árvore da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

TORRES, Gênesis (org.). Baixada Fluminense, a construção de uma história: sociedade, economia, política. São João de Meriti: IPAHB, 2004.

TORRES, Rogério; MENEZES, Newton. Sonegação, fome, saque. Duque de Caxias: Edição do Consórcio de Administração de Edições, 1987.

Downloads

Publicado

2022-08-19

Como Citar

ANDRADE, F. A.; SENRA, A. de O. Imprensa alternativa e a luta pelo direito à moradia na Baixada Fluminense-RJ no alvorecer dos anos 1980. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 14, n. 36, p. e0301, 2022. DOI: 10.5965/2175180314362022e0301. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180314362022e0301. Acesso em: 26 set. 2022.