“O Gigante e o Dragão” - um espetáculo teatral de rua com bonecos gigantes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034702252021090

Palavras-chave:

Teatro de Animação, Materiais Expressivos, reciclagem, ressignificação, reutilização

Resumo

O presente artigo se origina de uma pesquisa desenvolvida no Curso de Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal de Ouro Preto, Minas Gerais, no período de 2011 a 2013. Por meio da disciplina “Oficina de Criação Cênica A”, orientada através dos estudos com o Teatro de Animação, que surgiu o espetáculo teatral de rua com bonecos gigantes, intitulado “O Gigante e o Dragão”. Aqui, o principal objetivo é apresentar a pesquisa e os processos que permearam a concepção, a confecção e o experimento cênico deste espetáculo e, sobretudo, apontar o quanto é potente a reciclagem, a reutilização e a ressignificação de diversos materiais, no intuito de se criar linguagens expressivas.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Ducato, Universidade Federal de Minas Gerais

Daniel Ducato é Artista Visual e Cênico. Atua e desenvolve pesquisas relacionadas aos espaços de uso não convencional (Ocupação Cênica e Coabitação Teatral), Escultura, Cenografia, Direção de Arte em audiovisuais e em Teatro, Caracterização Cênica, Figurinos, Máscaras, Maquiagem e Bonecos para espetáculos teatrais e outras mídias. Possui Mestrado em Artes Cênicas - UFOP (2016) e Graduação em Artes Visuais - UFMG (2005).

Referências

AMARAL, Ana Maria. O ator e seus duplos: máscaras, bonecos, objetos. São Paulo: Editora SENAC, 2002.

APOCALYPSE, Álvaro. Oficina de teatro de bonecos: um método como outros. Mamulengo, Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Teatro de Bonecos (ABTB), v. 10, 1981.

BELTRAME,Valmor N. Animar o inanimado: a formação profissional no teatro de bonecos. 2001. Tese (Doutorado em Teatro) - Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

CARREIRA, André Luiz Antunes Netto. Teatro de invasão: redefinindo a ordem da cidade. In: LIMA, E. F. W. (Org.) Espaço e teatro: do edifício teatral à cidade como palco. Rio de Janeiro: 7 Letras/ FAPERJ, 2008.

CARREIRA, André Luiz Antunes Netto. Ambiente, fluxo, e dramaturgias da cidade: materiais do Teatro de Invasão. O Percevejo. Periódico do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas PPGAC. Rio de Janeiro: UNIRIO, vol. 1, fasc. 1, 2009.

CORDEIRO, Fábio. A Coralidade na Cena Contemporânea Brasileira. Cadernos Virtuais de Pesquisa em Artes Cênicas, Rio de Janeiro: UNIRIO, 2009. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/pesqcenicas/article/view/721/661 Acesso em: 15 Out. 2012.

MÉGEVAND, M.; BAUMGÄRTEL, T. S.; FALEIRO, T. J. R. Coralidade. Urdimento, Florianópolis: v. 1, n. 20, p. 037-039, 2013. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101202013037/2763 Acesso em: 22 Set. 2013.

ROMAGNOLLI, L. E.; MUNIZ, M. de L. Teatro como acontecimento convival: uma entrevista com Jorge Dubatti. Urdimento, Florianópolis, v. 2, n. 23, p. 251 - 261, 2014. Disponível em https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102232014251 Acesso em: 20 Jul. 2016.

Downloads

Publicado

2021-12-18

Como Citar

DUCATO, D. “O Gigante e o Dragão” - um espetáculo teatral de rua com bonecos gigantes. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 2, n. 25, p. 90 - 106, 2021. DOI: 10.5965/2595034702252021090. Disponível em: https://www.periodicos.udesc.br/index.php/moin/article/view/20973. Acesso em: 12 ago. 2022.